Sim, porque a negação do direito a interromper a gravidez não faz desaparecer a sua necessidade

February 6, 2007 at 1:58 pm Leave a comment

Sou Médico. Sou jovem.
Sempre acreditei firmemente que a minha missão enquanto profissional de saúde se basearia na assistência a todas e todos, sem olhar a diferenças, celebrando a liberdade e a diversidade de credos, morais, filosofias ou religiões.
Não consigo aceitar que a lei do meu país me force ao silêncio perante o sofrimento de tantas e tantas mulheres que estão perante uma gravidez indesejada.
Não consigo aceitar que a lei do meu país não me permita ajudar todas as vítimas do aborto clandestino, oferecendo-lhes condições de higiene e segurança.
Não consigo aceitar que a lei do meu país não contemple a maternidade planeada como uma escolha.
Não consigo aceitar que a lei do meu país não promova junto dos seus cidadãos uma sexualidade responsável e informada.
Não consigo aceitar que a lei do meu país julgue e puna mulheres que, em sofrimento, interrompem a gravidez clandestinamente, sujeitando-as à morte, à infertilidade e a muitas outras sequelas.
Não consigo aceitar que a lei do meu país seja construída sobre morais totalitárias  ignorando a saúde dos seus cidadãos.
Porque não consigo aceitar esta lei desadequada.
Porque nenhum método contraceptivo é 100% eficaz.
Porque urge aproximar as mulheres e os homens do planeamento famimiar.
Porque todos os seres Humanos têm o direito de serem amados e desejados.
Porque a ilegalidade do aborto é um problema grave de saúde pública.
Porque acabar com o aborto clandestino é torná-lo raro e seguro.
Porque a negação do direito a interromper a gravidez não faz desaparecer a sua necessidade.
Porque acredito que sou Médico para promover a saúde de TODAS e de TODOS e não para julgar, humilhar ou deixar morrer tantas e tantas mulheres.
Por tudo isto e porque acredito nas escolhas livres, conscientes, informadas e medicamente assistidas, eu VOTO SIM no próximo dia 11.

Bruno Maia, Porto

Entry filed under: Artigos, Artigos do Sim. Tags: .

Desculpa, amiga. Mães Pelo Sim

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Passa a mensagem!

EM AGENDA
JANTAR 1º ANIVERSÁRIO - 2ª, 11/2, 19h30 Cervejaria Trindade, Lisboa

Cartaz 2 - Movimento Jovens Pelo Sim

SITE DO MOVIMENTO JOVENS PELO SIM
WWW.JOVENSPELOSIM.ORG

CONTRIBUI PARA O NOSSO MOVIMENTO

INSCREVE-TE NA MAILING LIST DE INFORMAÇÕES

EM ANTENA & ARTISTAS PELO SIM

Estatísticas

  • 69,567 hits

Feeds

SIM no Flickr

Vota SIM à despenalização. Get yours at bighugelabs.com/flickr

%d bloggers like this: